11 de nov de 2011

- Verdadeiro amor.

   


Estávamos deitados, após uma noite juntos, fomos felizes e um do outro naquele dia. Ela me olhava fixamente com seu olhar forte e delicado, parecia feliz e também queria me perguntar algo...
-Fale pequena... – perguntei acariciando seus cabelos e olhando em seus olhos quase cinzas.
-É... – Luciana estava sem jeito.
-Pode falar, estou aqui para te responder...
-Tudo bem... – sua voz é suave, como a de anjos – Porque você me ama tanto?

-Nossa... – fiquei surpreso com tal pergunta – Bom... Eu acho incrível como você pode acalmar meu coração, sem dizer uma 
única palavra, clareia a minha escuridão, eu posso até tentar explicar o que passa em minha cabeça quando você está em silencio, dormindo , mas eu nunca vou poder dizer ao certo o que sinto, o que eu ouço quando você não diz uma palavra se quer. Quando você sorri eu sei nesse exato momento que precisa de mim... Tem algo em seus olhos... – olhei seguramente em seus olhos -  Acho que é sinceridade... Que diz que você nunca vai me deixar... Quando toca suas mãos nas minhas – toquei as mãos dela de leve - O calafrio que passa em meu corpo indica que se eu cair você vai estar lá para me ajudar a me reerguer... Quando há vozes altas ao meu redor, e você chega, fala comigo, sua voz abafa a multidão... Nunca vou conseguir explicar o que seu coração diz ao meu mesmo que você esteja em silencio... Mas eu sei que te amo e isso é o bastante para passar o resto da minha vida com você... 
Fui surpreendido com um beijo delicado e intenso, lágrimas estavam no rosto dela, eu sei que a amo e sei que é reciproco e eu sou capaz de tudo por esse amor...


15 comentários:

IzaCarrion disse...

Adorei o texto. adoro textos que além de ser um texto, tem diálogo, deixa ele mais interessante. Parabéns pelo blog (:
http://prooximaparada.blogspot.com

Bruno Costa disse...

Acho que é o início do fim. Quando se precisa fazer promessas de amor eterno é que se perde a noção da condicionalidade desse sentimento que se faz fugaz quando penhorado.

Arthur Martins disse...

Que lindo e simples texto. Nunca será demais um exagerado romance. Parabéns, continue assim. Beijos. http://metapopcristo.blogspot.com/

João Alexandre disse...

Adorei o texto, muito bonito e bem escrito!!

KGeo disse...

ótimo texto, foi muito bom

Clarissa Vergara disse...

AMEIIII SEU BLOG

Simplesmente encantador!

O romance é além de tudo o mais encantador motivo que move os seres^^

Parabéns pelo blog

http://clarissaeletras.blogspot.com/

- Mariiane Alfradique disse...

*----------------*'

Clarissa Vergara disse...

To te seguiiindo^^ tive que dar uma passada aqui novamente, que blog sensacional!

DarKblog disse...

Gostei daqui, bem fofo o blog, e os textos também são todos lindos *-*

Lola Mantovani disse...

nossa concordo com todo mundo amei seu blog, ele e lindo esse texto e perfeito
beijinhos
http://lolamantovani.blogspot.com/
http://coisinhasdalola.blogspot.com/

Amanda Figueiredo disse...

Oi, Nossa.. adorei seu blog. Você escreve muito bem e com certeza ganhou uma fã, acompanharei. rs Estou te seguindo. (:

Angelus disse...

Nossa que texto bonito. É difícil escrever sobre amor porque é preciso uma sensibilidade com as palavras. E você conseguiu essa sensibilidade.
Ralmente o silêncio de um amor recíproco é o melhor som que há no mundo.
Parabéns. Tenha um bom fim de semana.

Angelus disse...

ah! Esqueci de dizer que estou te seguindo. Abraço.

- Mariiane Alfradique disse...

cara... vocês são muito fofos , vou seguir todos de volta *-*'

- Mariiane Alfradique disse...

segui todo mundo e quem tem mais de um blog e escolhi um se segui *-*'

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário :))